Saber - Crônica....por Louren Junior..........colaboração Espirito Matias Albuquerque........colaboração Louren Junior

 

 

Durante todo o século XIII a França se ergueu como o farol intelectual da civilização ocidental. Para lá convergiam todos tipos de artistas, professores. filósofos e cientistas.

 

Paris foi sempre a capital mais atrativa para os intelectuais do continente juntamente com a Alemanha sua maior rival.

 

A França dirigia os rumos do intelecto humano.

 

Apesar de ser um gigantesco movimento burguesista foi dali que surgiram “que todos os homens são iguais” apesar dos lamentáveis e inevitáveis excessos.

 

A Revolução Francesa teve o mérito de desmistificar a pseudo-superioridade das classes privilegiadas, levantando as bandeiras “Liberdade, Igualdade e Fraternidade” e da “Declaração dos Direitos dos Homens e do Cidadão”.

 

Mas a procura do saber só, não basta.

 

O conhecimento do próximo com suas angustias, aflições e desenganos são muito importantes.

 

- Qual o mérito da sabedoria, se faz sofrer?

 

- Qual o resultado das grandes invenções, se somente destrói?

 

Em todos os ramos do saber, o fato enraíza e ramifica.

 

Envolve as mais variadas e danosas polêmicas.

 

De vez pontifica, de vez renuncia.

 

- Será mais lógico utilizarmo-nos do instinto, sobrepondo a razão falível?

 

O instinto em favor das criaturas...

 

O instinto em favor da verdade...

 

O saber reúne progresso, evolução espiritual, amparado sempre no amor ao próximo.

 

O verdadeiro sábio é aquele que:

             

              Ama,

 

              Doa,

 

              Colabora......Construindo para si e irradiando felicidades para todos.

 

“O universo apresentasse-nos, mais como um infinito estudo, do que uma adequada conclusão oferece-nos uma exuberante harmonia e uma força irresistível de revelações na sua criação”.

 

Por mais que tenhamos progredido, sempre é pouco diante das grandezas e mistérios universais.

 

A muito por fazer no campo das leis humanas, a fim de se ajustarem às leis naturais, muitas sugestões já poderiam ser concretizadas, desde que a transformação moral da Terra, passar a ser um mundo de regeneração.

 

Onde só o bem predominará.

 

A cada nova experiência, a cada nova alternativa existencial novos comportamentos vão se firmando, cingindo de certa maneira o orgulho de considerarmos tudo como resultado dos felizes terrenos.

 

Apressa-se a época da coexistência universal, da convivência fraternal e para isso requer-se o máximo de desprendimento possível.

 

A procura constante do conhecimento é uma característica fundamental, para aqueles que procuram fazer o bem.

 

É o veículo da transformação para um mundo melhor.

 

O “conhecimentonos dá os meios para vivermos e, ninguém nos toma.

 

E, o “saber” nos dá as razões para viver.

 

Podemos citar Bertold Brecht (1898-1956) “Livros não mudam o mundo. Quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas.”

 

O ser humano, tal qual sua condição no processo evolutivo, sempre teve o conhecimento como fator de atração.

 

Atravessou eras somando conhecimentos e desenvolvendo novas tecnologias.

 

A Doutrina Espírita vem confirmar essa tendência, como esclarece o desenvolvimento da razão e tem o amor na sua mais cristalina pureza, suportes que sustentam a ascensão do espírito a perfeição.

 

A criação não é um ato, é um processo incessante.

 

Deus nos proporciona as oportunidades de crescermos em razão desse mesmo amor e coloca-nos como co-criadores da grande obra universal.

 

No Capitulo VII, de “O Evangelho Segundo o Espiritismo” Ferdinando, um Espírito Protetor, nos orienta sobre a missão do homem inteligente na Terra, dizendo assim: “Não vos orgulheis por aquilo que sabeis, porque esse saber tem limites bem estreitos, no mundo que habitais. Mesmo supondo que sejais uma das sumidades desse globo, não tendes nenhuma razão para vos envaidecer. Se DEUS nos seus desígnios, vos fez nascer num meio onde pudestes desenvolver vossa inteligência, foi por querer que a usásseis em benefício de todos. Porque é uma missão que Ele vos dá, pondo em vossas mãos o instrumento com o qual podeis desenvolver, ao vosso redor, as inteligências retardatárias e conduzi-las a DEUS.”

 

A Doutrina Espírita é o farol que dissipa as nuvens do materialismo e orienta os corações, num mundo de incertezas em busca de paz e sede de verdade.

 
Colaborem com o ALBERGUE S. LAZARO de CONTAGEM - MG, adquiram o CD  CARITAS:
 
Clica aqui: 
 
 
Adquira através os telefones: (31) 82493721 - (31) 99025490 - (31) 87320825

 Saber -Mensagem ditada pelo Espírito Matias Albuquerque.......colaboração Louren Junior

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!