Habitat 

Habitat - Mensagem ditada pelo Espírito Matias Albuquerque...........colaboração Louren Junior

Vida futura                      

 

                1 – “Tornou pois a entrar Pilatos no pretório, e chamou a Jesus, e disse-lhe: Tu és o Rei dos Judeus? Respondeu-lhe Jesus: O meu Reino não é deste mundo; se o meu Reino fosse deste mundo, certo que os meus ministros haviam de pelejar para que eu não fosse entregue aos judeus; mas por agora o meu Reino não é daqui. Disse-lhe então Pilatos: Logo, tu és rei? Respondeu Jesus: Tu o dizes, que eu sou rei. Eu não nasci nem vim a este mundo senão para dar testemunho da verdade; todo aquele que é da verdade ouve a minha voz”. (João, cap. XVIII, 33-37)

OBS. JESUS veio dar testemunho da verdade. A verdade do mundo dos Espíritos.

 

A VIDA FUTURA

               2 – Por estas palavras, Jesus se refere claramente à vida futura, que ele apresenta, em todas as circunstâncias, como o fim a que se destina a humanidade, e como devendo ser o objeto das principais preocupações do  homem sobre a terra. Todas as suas máximas se referem a esse grande princípio. Sem a vida futura, com efeito, a maior parte dos seus preceitos de moral não teriam nenhuma razão de ser. É por isso que os que não crêem na vida futura, pensando que ele apenas falava da vida presente, não os compreendem ou os acham pueris.

 

 

"Crer em Deus, sem admitir a vida futura, fora um contra-senso. O sentimento de
uma existência melhor reside no foro íntimo de todos os homens e não é possível que Deus aí o tenha colocado em vão. A vida futura implica a conservação da nossa individualidade, após a morte do corpo fisico.

 

Na amplidão cósmica, acotovelam-se os espíritos, os espaços são totalmente preenchidos, todos em busca de soluções para seus problemas ou tarefas.

 

O cosmo espiritual, nada mais é do que a continuidade das suas vidas no plano físico., os Espíritos se diferenciando pela maneira lépida de se compreenderem e se locomoverem.

 

Fundamentalmente o entrave do corpo físico utilizado quando encarnados, já não é mais um empecilho, propiciando a leveza que caracteriza os espíritos no seu “habitat”.

 

Não confundir com o pensamento, que é um atributo do espírito, como o são a inteligência e a vontade

 

O princípio das reencarnações sucessivas é fundamental para a compreensão das atividades exercidas e o progresso advindo.

 

Pensar que o espírito seja criado juntamente com o corpo físico é muito prejudicial. Para entender o seu estado ao deixar o corpo físico é necessário atender a esses fundamentos.

 

O Espírito é um ser criado por Deus, independente e inteligente, sem essa compreensão difícil compreender as leis da Natureza.

 

Com a transmigração dos espíritos que a todos os instantes deixam seus corpos físicos, onde iriam habitar? E a misericórdia Divina onde ficaria?

 

O espírito ao deixar o corpo físico vai habitar locais que correspondam ao seu adiantamento, em conformidade com o seu comportamento quando encarnado., segundo a regra ditada por Jesus: “A cada um segundo suas obras”

 

Não são locais de cunho material, físico ou mesmo geográfico.

 

As comunidades espiritistas abrangem todas as atividades da criatura humana, desde o socorro imediato, até o burilamento dos mais iluminados.

 

São verdadeiras colmeias todos trabalhando em favor do adiantamento moral e do aprimoramento intelectual.

 

Urgentemente eles se procuram e prontificam a colaborar.

 

Há um entendimento esmerado, entre os protagonistas dos programas elaborados.

 

Eles se afinam, como na mais bela sinfonia, tudo em prol do progresso.

 

Há uma euforia grande, quando do objetivo alcançado.

 

Como na pintura mais bela, tudo concorre para sua avaliação, desde a tinta, a moldura, até a combinação das cores., assim também no plano espiritual, os ideais garantem a execução de tarefas nobres, incluindo até mesmo a preparação da viagem de retorno ao plano físico.

 

Todas as estradas conduzem ao bem, mesmo as enlameadas ou as poeirentas com o sol causticante.

 

O Todo Poderoso, faculta todas as oportunidades de reajustes e de aproveitamento.

 

O recrudescimento daqueles que não atendem ao chamamento Divino, voltam a reencarnar com o dobro dos problemas por resolver.

 

O Espírito deve-se convencer, que deva progredir.

 

O que servirá para uma tendência vegetativa, não se estrutura dentro de sua condição de imortalidade, é daí os confrontos, por um lado à vivência que deve predominar entre os companheiros e do outro falando mais alto o seu aspecto puramente introspectivo.

 

Acessem o Link abaixo:

 

cms.lourenjunior.webnode.com.br/livro-espirita/sumario/habitat/

 

Habitat - Mensagem ditada pelo Espírito Matias Albuquerque...........colaboração Louren Junior

Vida futura  


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!