> 1969

Mensagem do Espírito Getulio Vargas.........................por Louren Junior

 

GETULIO VARGAS

14o. e 17o  Presidente do Brasil

 

 

 De Espírito para Espírito,

 

O personalismo, que imprimimos à nossa atividade carnal, pôr vezes leva-nos ao egocentrismo débil, esbarrando com nossa condição de vivente.

 

Traduz até mesmo em gestos menos dignos, contrariando a essência de espíritos emanados de um mesmo ser.

 

A consciência da atitude tomada, quando da aplicação desses gestos inferiores, acumula tal distanciamento das demais criaturas, que a menor revolta pelo próprio gesto, acarretará acrescentar maior endividamento perante a Espiritualidade.

 

- Amado irmão, coragem, perseverança, em qualquer, problema ou situação do caminho, que nos é dado percorrer, em qualquer realização que nos propomos atingir, a vida responde segundo a nossa solicitação.

 

Seremos devedores dela, daquilo que houvermos recebido.

 

 - Bondosa criatura, de que falas, sou objeto das tuas palavras?

 

 - Parecem-me, tão enérgicas para comigo?

 

Não! São sinceras, muitos já sofreram as conseqüências de tais atitudes. Nós não somos julgadores, nem algozes. As atitudes sim prevalecem nessa caminhada rumo à perfeição, Deus é Misericordioso, quer somente o nosso bem.

 

Procure compreender melhor sua situação e, logo encontrará os meios para suplantá-la.

 

 - Tudo leva a crer, que está tudo pôr começar e “Valha-me Deus” se pelo mesmo caminho puder ressarcir tamanho débito.

                                  

                          Espírito Getulio Vargas - Estadista Brasileiro.....por Louren Junior

 

A dúvida quanto à imortalidade do espírito e a prioridade as idéias materialistas são os maiores incentivadores do suicídio. É o resultado do relaxamento moral..., Homens de ciências e saber querem mostrar-se que são infelizes e o único desejo e se suicidarem.

 

Com o Espiritismo, a dúvida deixa de existir e modifica a visão da vida e a crença na vida futura traz paciência e resignação e consequentemente a coragem moral.

·     

  Evangelho Segundo o Espiritismo Cap. V, Bem Aventurados os Aflitos.

 

Getúlio Dorneles Vargas (São Borja, 19 de abril de 1882 - Rio de Janeiro, 24 de agosto de 1954) foi um advogado e político brasileiro, chefe civil da Revolução de 1930, que pôs fim à República Velha depondo seu 13º e último presidente da república Washington Luís.

Foi presidente da república do Brasil em dois períodos. O primeiro teve duração de 15 anos ininterruptos, de 1930 a 1945, e dividiu-se em 3 fases:

No segundo período, em que foi eleito por voto direto, Getúlio governou o Brasil como presidente da república, por 3 anos e meio: de 31 de janeiro de 1951 até 24 de agosto de 1954, quando se matou.

Getúlio era chamado pelos seus simpatizantes de "o pai dos pobres", frase bíblica (livro de Jó-29:16) e título criado pelo seu Departamento de Imprensa e Propaganda, o DIP, enfatizando o fato de Getúlio ter criado muitas das leis sociais e trabalhistas brasileiras. As pessoas próximas o tratavam por "Doutor Getúlio", e as pessoas do povo o chamavam de "O Getúlio", e não de "Vargas". A sua doutrina e seu estilo político foram denominados de getulismo ou varguismo. Os seus seguidores, até hoje existentes, são denominados getulistas.

Suicidou-se em 1954 com um tiro no coração, em seu quarto, no Palácio do Catete, na cidade do Rio de Janeiro, então capital federal. Getúlio Vargas foi um dos mais controvertidos políticos brasileiros do século XX. Sua influência se estende até hoje. A sua herança política é invocada por pelo menos dois partidos políticos atuais: o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

 

  Quero que saibam que lhes vou dizer as coisas na linguagem simples de companheiro! Nossa conversa será no jeito e estilo daqueles que os fazendeiros costumam fazer de pé, junto á porteira do curral.
Getúlio Vargas
  A missão social e política de meu governo não foi ideada pelo arbítrio de um homem, nem por interesses de um grupo; foi-me imposta, a mim e aos que comigo colaboram, pelos interesses da vida nacional, e pelos próprios anseios da consciência coletiva!
Getúlio Vargas[5]

 

 

A  Carta Testamento do Presidente Getúlio Vargas!

  

"Mais uma vez, a forças e os interesses contra o povo coordenaram-se e novamente se desencadeiam sobre mim. Não me acusam, insultam; não me combatem, caluniam, e não me dão o direito de defesa. Precisam sufocar a minha voz e impedir a minha ação, para que eu não continue a defender, como sempre defendi, o povo e principalmente os humildes.

    Sigo o destino que me é imposto. Depois de decênios de domínio e espoliação dos grupos econômicos e financeiros internacionais, fiz-me chefe de uma revolução e venci. Iniciei o trabalho de libertação e instaurei o regime de liberdade social. Tive de renunciar. Voltei ao governo nos braços do povo. A campanha subterrânea dos grupos internacionais aliou-se à dos grupos nacionais revoltados contra o regime de garantia do trabalho. A lei de lucros extraordinários foi detida no Congresso. Contra a justiça da revisão do salário mínimo se desencadearam os ódios. Quis criar liberdade nacional na potencialização das nossas riquezas através da Petrobrás e, mal começa esta a funcionar, a onda de agitação se avoluma. A Eletrobrás foi obstaculada até o desespero. Não querem que o trabalhador seja livre.

 

    Não querem que o povo seja independente. Assumi o Governo dentro da espiral inflacionária que destruía os valores do trabalho. Os lucros das empresas estrangeiras alcançavam até 500% ao ano. Nas declarações de valores do que importávamos existiam fraudes constatadas de mais de 100 milhões de dólares por ano. Veio a crise do café, valorizou-se o nosso principal produto. Tentamos defender seu preço e a resposta foi uma violenta pressão sobre a nossa economia, a ponto de sermos obrigados a ceder.

 

    Tenho lutado mês a mês, dia a dia, hora a hora, resistindo a uma pressão constante, incessante, tudo suportando em silêncio, tudo esquecendo, renunciando a mim mesmo, para defender o povo, que agora se queda desamparado. Nada mais vos posso dar, a não ser meu sangue. Se as aves de rapina querem o sangue de alguém, querem continuar sugando o povo brasileiro, eu ofereço em holocausto a minha vida.

 

    Escolho este meio de estar sempre convosco. Quando vos humilharem, sentireis minha alma sofrendo ao vosso lado. Quando a fome bater à vossa porta, sentireis em vosso peito a energia para a luta por vós e vossos filhos. Quando vos vilipendiarem, sentireis no pensamento a força para a reação. Meu sacrifício vos manterá unidos e meu nome será a vossa bandeira de luta. Cada gota de meu sangue será uma chama imortal na vossa consciência e manterá a vibração sagrada para a resistência. Ao ódio respondo com o perdão.

 

    E aos que pensam que me derrotaram respondo com a minha vitória. Era escravo do povo e hoje me liberto para a vida eterna. Mas esse povo de quem fui escravo não mais será escravo de ninguém. Meu sacrifício ficará para sempre em sua alma e meu sangue será o preço do seu resgate. Lutei contra a espoliação do Brasil. Lutei contra a espoliação do povo. Tenho lutado de peito aberto. O ódio, as infâmias, a calúnia não abateram meu ânimo. Eu vos dei a minha vida. Agora vos ofereço a minha morte. Nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na História." (Rio de Janeiro, 23/08/54 - Getúlio Vargas)

 

  Trabalhadores do Brasiiiiil ! ! !

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!