Fé com ou sem obras!

17/10/2010 09:27

“ A TUA FÉ É COM OU SEM OBRAS? “

 
 

             Nada mais certo do que as palavras de Tiago: 

14 Que proveito há, meus irmãos se alguém disser que tem fé  e não tiver obras? Porventura essa fé  pode salvá-lo?

15 Se um irmão ou uma irmã estiverem nus e tiverem falta de mantimento cotidiano,

16 e algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquentai-vos e fartai-vos; e não lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que proveito há  nisso?

17 Assim também a fé, se não tiver obras, é morta em si mesma. 
 

             Sim, porque sem o trabalho regenerador, a fé somente nas palavras, nos ensinos doutrinários, ilude-nos, fazendo-nos pensar que somos conhecedores dos problemas do mundo, enquanto muitas vezes não conhecemos direito, nem os problemas que, imediatamente, nos circundam.

             Os problemas em nossos lares, nosso ambiente profissional, nossa rua, nossa comunidade, todos a nos chamarem para o trabalho de assistência mútua.

             Mas, como nos achamos profundos sabedores e praticantes da fé, através das palavras das escrituras, das mensagens divinas, julgamo-nos então descompromissados com a parte na tarefa que nos cabe.

             E, cada vez mais cresce diante de nossos olhos a necessidade, o infortúnio, a tristeza, a melancolia.

             E quando nos deparamos com irmãos nestas situações, vamos até ele e apenas com palavras, procuramos lhe transmitir um pseudo-ensinamento sobre verdades divinas, moral, paciência, resignação, coragem, etc, etc, etc.

             Palavras, palavras, palavras, importantes quando acompanhadas de atitudes, mas mortas quando sozinhas.

             A Humanidade, e nós fazemos parte dela, necessita do aprimoramento, do trabalho edificante de uns para com os outros, onde em perfeita sintonia, ambos recebem, o assistido e o trabalhador.

             Caridade com trabalho, fé com obras, este o caminho para que cada vez mais nos unamos entre irmãos que somos e invoquemos o maior exemplo de fé com obras de que já tivemos notícia: JESUS, que, no dizer de Emmanuel,

              “Não se limitou à simples glorificação de Deus nos Paços Divinos, quanto à edificação dos homens. Por amor infinitamente a Deus, na sublime tarefa que lhe foi cometida, desceu à esfera dos homens e entregou-se à obra do amor infatigável, levantando-nos da sombra terrestre para a Luz Espiritual.” 

               Fé  com obras, o caminho para nossa cura espiritual.

   “Ama a teu próximo como a ti mesmo”, e, por isso mesmo, trabalhe por ele!!! 

Marcos Cunha

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!