Entrevista Denise Veridiano - DOUTRINA ESPIRITA.......por Louren Junior

06/04/2012 03:47

Entrevista com Denise Veridiano.........por Louren Junior

Curriculo

 

Doutrina Espírita, dentro de casa

 

Entrevistada Denise Veridiano

 

 

Dirigente, Oradora Espírita, Desempenha Trabalho Espiritual no Centro Espírita Casa do Caminho Santana, Coordenadora das reuniões públicas realizada aos Domingos com inicio às 10:00h, Orientadora -  Plantão de Atendimento.

 

Doutrina Espírita dentro de casa.

 

Desde os primórdios da humanidade, a família tem sido a base principal da sociedade. Os costumes, os comportamentos e até mesmo os cenários se modificam com o passar dos séculos. Mas o papel que a família exerce permanece essencial. É desse pequeno núcleo que vem a formação de caráter de uma pessoa e até mesmo de sua personalidade. E, nesse contexto, é preciso destacar a importância da educação religiosa dentro de casa.

 

Denise,

 

 A Família sendo a mais importante instituição existente, porque ela é constituída para fazer nascer, criar e educar o ser humano. Sendo no Lar que recebemos as primeiras lições, as primeiras tristezas e as primeiras alegrias

“Conforme trecho em Provérbios 22:6 diz: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e ainda quando for velho, não se desviará dele.”

Neste tempo de 2012, a missão de educar um filho segundo os princípios cristãos e fazê-lo permanecer na fé depois de adulto continua valendo? Embora essa tarefa seja cada dia mais complexa? 

 

R - SIM, SEMPRE A PROXIMIDADE COM DEUS TRAZ RESPOSTAS, ACALMA O CORAÇÃO E ILUMINA AMENTE DIANTE DOS IMPASSES DA VIDA - A COMPLEXIDADE É A MESMA EM TODOS OS TEMPOS,  ESTA TAREFA PODE MUDAR DE "MAQUIAGEM", MAS SEMPRE FOI E SERÁ DE GRANDE RESPONSABILIDADE E COMPLEXIDADE, ADAPTADA A CADA FASE DA EXISTENCIA TERRENA.

Denise

 

Os argumentos que a Doutrina Espírita oferece são convincentes, porque analisam problemas numa relação de causa e efeito, à luz da reencarnação?

 

R - QUANTO MAIS ARGUMENTOS TIVERMOS PARA O CONVENCIMENTO DOS QUE ESTÃO SOB NOSSA RESPONSABILIDADE, MAIS FACIL SE TORNA A TAREFA - A DOUTRINA ESPIRITA FACILITA AOS EDUCADORES POIS NÃO DEIXA MARGEM A ARGUMENTOS IMPENSADOS, COMO COSTUMA ACONTECER COM CRIANÇAS A ADOLECENTES NA TENTATIVA DE JUSTIFICAR ATOS IRRESPONSAVEIS

 

Complemento 01:

 

Influências diversas dos meios de comunicação, das escolas, da internet, etc., podem provocar desvios de comportamento, gerando mudanças de interesse e de atitudes. Nesse sentido, é fundamental descobrir a resposta para uma questão: qual o método mais eficaz para criar os filhos dentro da religião quaisquer que sejam?

 

R - ENQUANTO OS FILHOS SÃO PEQUENOS, É FACIL SELECIONAR AS AMIZADES, BLOQUEAR A INTERNET E ESCOLHER OS PROGRAMAS DE TELEVISÃO QUE ELES PODEM ASSISTIR - A INFLUENCIA DA SOCIEDADE A PARTIR DE UMA CERTA IDADE PESA MUITO, DE REPENDE OS "SANTOS DE CASA NÃO FAZEM MAIS MILAGRES" E OS JOVEM COMEÇAM A OUVIR MAIS OS COLEGAS, NESTE MOMENTO O IMPORTANTE É NÃO DESISTIR, CONVERSAR MUITO, SEMPRE COLOCANDO A IMPORTANCIA DE MANTER O CORAÇÃO PURO E A MENTE ABERTA AOS ENSINAMENTOS CRISTÃOS E, PRINCIPALMENTE, ENSINAR PELO EXEMPLO.

 

Complemento 02:

 

A maioria dos psicólogos, educadores, pais e representantes religiosos concordam que tudo começa na infância. Aos 07 (sete) anos a criança está em formação da sua personalidade. Quanto mais cedo conviver com a idéia de Deus, certamente isso será apreendido de forma mais profunda. O que ela aprende nessa fase, vai levar para o resto da vida?

 

R - CERTAMENTE! HOJE EM DIA AS CRIANÇAS NASCEM PRONTAS, TRAZEM EM SUA BAGAGEM ESPIRITUAL AS VIVENCIAS ANTERIORES E LOGO EVIDENCIAM O QUE JA APRENDERAM E AS TENDENCIAS QUE AINDA PRECISAM SER BURILADAS - ANTES MESMO DOS 7 ANOS, DESDE O BERÇO, ISSO É MUITO EVIDENTE E, COM CERTEZA, DESDE QUE ESTE ESPIRITO TENHA CONDIÇÕES DE "OUVIR" DEVEMOS COLOCAR PENSAMENTOS DE MORAL EM SUA VIDA, EU DIRIA QUE A PARTIR DA CIENCIA DA CONCEPÇÃO ESSA ATITUDE JA DEVA SER TOMADA, JA NA VIDA INTRA UTERINA

 

Denise e a colega Sandra durante Bingo Beneficente promovido pela Casa do Caminho - Santana

 

Denise,

 

Sabemos que a imposição dos pais em manter filhos na religião não é aconselhável. O dialogo franco e honesto desde criança estabelece um vinculo saudável entre pais e filhos. Apesar de alguns acharem que uma conversa aberta com os filhos lhe tira o controle e a autoridade. Você concorda?

 

R - CONCORDO PLENAMENTE, AMIZADE É O PONTO DE PARTIDA, PRINCIPALMENTE PORQUE ESTAMOS LIDANDO COM CONCEITOS - PARA CONSEGUIRMOS A ATENÇÃO E, DESSE MODO, O APRENDIZADO, NECESSITAMOS DE PACIENCIA E DEDICAÇÃO - EM ALGUNS MOMENTOS SOMOS OBRIGADOS A IMPOR CONDUTAS, A CHAMAR A TENÇÃO E A SERMOS DUROS COM PALAVRAS NO INTUITO DE CONTER ATITUDES VISIVELMENTE ERRONEAS OU PARA MOSTRAR OS FRUTOS COLHIDOS COM ESSAS ATITUDES E, NESSES MOMENTOS, JUSTIFICAR  COM AMOR É FUNDAMENTAL - PACIENCIA, AMIZADE, EDUCAÇÃO E FRANQUESA NÃO TIRA O CONTROLE E A AUTORIDADE 

 

Denise,

 

Falando ainda em imposição ou indiferença dos pais em relação ao pensamento dos filhos, que pode causar um sentimento de distanciamento e descrédito. É preciso, antes de tudo, respeitar o que os filhos pensam. É o principio do livre-arbítrio?

 

R - ESTE PRINCIPIO FUNCIONA MUITO BEM EM ADULTOS, NÃO COM AS CRIANÇAS QUE ESTÃO SOB NOSSA RESPONSABILIDADE COMO PAIS, TIOS, AVÓS, COLEGAS, EDUCADORES,...., ENFIM.... - AO PERCEBERMOS A MATURIDADE DO ESPIRITO QUE CONVIVE CONOSCO PODEMOS DEIXAR, PAULATINAMENTE, QUE CAMINHE SOZINHO - SÃO RAROS E BENDITOS OS CASOS EM QUE RECEBEMOS ESPIRITOS DE LUZ, EM MISSÃO NA TERRA PARA ACATARMOS SEUS PENSAMENTOS JA EQUILIBRADOS A NOS INDICAR O CAMINHO, NORMALMENTE ESTAMOS TODOS EM APRENDIZADO, COM SERIOS VICIOS A SEREM TRATADOS E, SE VIEMOS ANTES PARA RECEBER ESSE COMPANHEIRO, TEMOS A OBRIGAÇÃO DE LHE ABRIR AS PORTAS COMO TUTORES NESSA FASE DE CRESCIMENTO MUTUO - DIGO MUTUO PORQUE COMO PAIS APRENDEMOS MUITO E O FATO DE NOS ESCOLHER COMO PAIS JA É PARTE DESSE LIVRE ARBITRIO

 

Denise,

 

Mas a etapa mais difícil de criar os filhos deságua na tão discutida adolescência. É nessa fase, ressalta-se, que os filhos têm muitos conflitos emocionais, são inseguros e inconstantes. É também na fase da adolescência que o exemplo dos pais em relação à prática da fé cristã é colocado à prova. A conduta dos pais é de fundamental importância para que ela continue nesse caminho quando se sentir frágil?

 

R - IMPORTANTISSIMA! COM CERTEZA ESSE FILHO VAI LEMBRAR DE TUDO QUE PRESENCIOU DURANTE A INFANCIA, SEMPRE O EXEMPLO FALANDO MAIS ALTO - COMO ADULTOS JA APRENDEMOS A NOS FORTALECER NA PRECE, NO EVANGELHO, NO EXEMPLO DE NOSSO MESTRE MAIOR, JESUS E, COM CERTEZA NA ADOLESCENCIA, COMO EM QUALQUE ÉPOCA DA VIDA, EM MOMENTOS DIFICEIS, DE DUVIDAS, O JOVEM PODE E DEVE LANÇAR MÃO DESSES MEIOS PARA SEU FORTALECIMENTO.

 

Denise,

 

Atendo um pouco mais na  importância da conduta dos pais. Você acredita que nunca devem provocar a ira dos filhos, antes devem ensiná-los, protegê-los, corrigi-los, oferecer-lhes bons exemplos e, acima de tudo, amá-los. Tem também o problema é que os pais muitas vezes não ensinam os filhos “no” caminho em que devem andar, mas ensinam “o” caminho em que devem andar, e os próprios pais andam por outro caminho?

 

R - COMO NO VELHO DITADO: "FAÇA O QUE EU TE DIGO E NÃO FAÇA O QUE EU FAÇO" - ESSA FRASE SERVE PARA MOSTRAR QUE ESSA ATITUDE É INCORRETA, NÃO FUNCIONA - CHAMO SEMPRE A ATENÇÃO PARA A IMPORTANCIA DO EXEMPLO, A MENTE INFANTIL RETEM MUITO MAIS O QUE VE, O QUE PRESENCIA DO QUE O QUE OUVE, PORQUE PRECISA DE PROVAS, DE CONFIRMAÇÃO DE QUE, O QUE ESTA SENDO DITO, É VERDADE E QUANDO A REALIDADE DESMENTE A IDEIA, SENTE-SE TRAIDO, DESCONFIADO E NÃO LEVA A SERIO MAIS NENHUMA ORIENTAÇÃO - ENSINAR. PROTEGER E PRINCIPALMENTE CORRIGIR PODE GERAR REAÇÕES DE IRA EM ESPIRITOS MAIS REBELDES E ISSO FAZ PARTE DA EDUCAÇÃO.

 

Denise,

 

Para o mentor Emmanuel a família é o núcleo mais importante na sua função educadora e regenerativa. A constituição da família possibilita pela união de dois seres, homem e mulher estabelecida o principio da reencarnação o trabalho dos mais elevados nos programas elaborados do mundo espiritual. Possibilita assim os ajustes e reajustes onde podemos nos abastecer e pautar nossos atos tanto dentro das nossas famílias como fora dentro do nosso trabalho?

 

R - SABEMOS QUE PODEMOS ESCOLHER OS AMIGOS MAS OS PARENTES NOS SÃO IMPOSTOS, JUSTAMENTE PARA QUE FORÇOSAMENTE NOS REAJUSTEMOS, SENDO ASSIM, OS FILHOS QUE NOS SÃO CONFIADOS CRIAM LAÇOS FRATERNOS COM OS TIOS, OS PRIMOS, OS AVÓS E PRINCIPALMENTE COM OS PAIS E, NESSA CONVIVENCIA FORÇADA, APRENDEMOS A NOS TOLERAR E CRIAMOS OS TÃO ESPERADOS LAÇOS DE AMOR FRATERNO QUE É O QUE O PAI ESPERA DE TODOS NÓS - INFELISMENTE ALGUNS NÃO CONSEGUEM DESENVOLVER ESSES LAÇOS ABANDONANDO A MISSÃO PREVEAMENTE ACERTADA, ESSA ATITUDE NÃO CHEGA A SER UM RETROCESSO NA MARCHA, MAS UM ATRAZO E DEUS, SENDO PAI, VAI DAR NOVA CHANCE DE REENCONTRO PARA ESSE ACERTO, ENTÃO, PORQUE ADIAR E TER QUE VIVENCIAR TUDO NOVAMENTE?

 

Denise,

 

A obrigação do espírita, não é somente manter a conduta edificante no seio da família, mas principalmente esforçar-se para ser um veículo de divulgação, da fé raciocinada, da esperança e da confiança, principalmente se for um continuo praticante da caridade em seu ambiente familiar e fora dela.

A importância da sua presença na família, junto aos seus filhos, de forma qualitativa, evita a cobrança quando retornarem ao plano espiritual?

 

R - EVITA A COBRANÇA NO QUE TANGE AOS COMPROMISSOS FAMILIARES, NÃO EM OUTROS SETORES - UMA PESSOA PODE CUMPRIR COM MAESTRIA UMA PARTE E DEIXAR A DESEJAR EM OUTRA - CREIO QUE A PARTE MAIS DIFICIL E IMPORTANTE É REALMENTE JUNTO A FAMILIA, MAS SE CONSEGUIRMOS UNIFICAR NOSSA CONDUTA, DE EXEMPLO, CARIDADE E DEDICAÇÃO DENTRO E FORA DO LAR, ESTAREMOS CONSTRUINDO PARA NÓS, PARA O PROXIMO E PARA O MUNDO DE FORMA MAIS INCISIVA.

Denise e colegas durante Bingo Beneficente

 

Denise,

 

A figura dos pais, presentes e participativos, lembrando os ensinamentos contidos no Evangelho Segundo o Espiritismo, que diz que o homem de bem deve ser um bom pai de família, antes de tudo, porque essa, até foi à figura que Jesus utilizou para representar a idéia de Deus.

 A família, portanto é uma instituição de origem divina e no seu seio encontramos os meios para o nosso próprio aprimoramento e dependendo do nosso continuo esforço, a edificação de um mundo melhor?

 

R - JESUS USOU ESSA FIGURA PORQUE É A QUE MELHOR SE APLICA À NOSSA REALIDADE, É A FORMA COMO MELHOR PODEMOS COMPREENDER A DIVINDADE DA RESPONSABILIDADE DE EDUCADORES E. SE FOR A MELHOR FORMA ENCONTRADA POR NOSSO EDUCADOR, É, COM CERTEZA, A MAIS INDICADA PARA A EDIFICAÇÃO DE NOSSO MUNDO MELHOR

 

Denise,

 

família tendo a responsabilidade de transmitir valores e conceitos verdadeiros a seus filhos. Sendo os pais os primeiros educadores na vida dos filhos. Assim como os filhos aprendem a falar com os pais, também aprendem códigos de conduta, a viver com limites, a respeitar e serem respeitados, a amar a Deus acima de todas as coisas, a ter um coração grato, a amar ao próximo, a ler o Evangelho, a orar, a obedecer... 

Acontece que o conceito de família nem sempre foi o mesmo, sofreu alterações de acordo com o evoluir dos tempos. Como fica essa responsabilidade nos dias de hoje?

 

R - DA MESMA FORMA QUE MORAL NÃO EVOLUI, NÃO SE MODIFICA, MORAL É MORAL, O CONCEITO DE FAMILIA TAMBEM NÃO SE MODIFICA COM O TEMPO, O QUE ACONTECE É A ADAPTAÇÃO AS LEIS E AO LOCAL ONDE ESSA FAMILIA SE EDIFICA - O QUE ACONTECE É QUE POR IRRESPONSABILIDADE, STRESS, PREGIÇA, EGOISMO,.... ALGUMAS PESSOAS RELAXAM COM SEUS DEVERES E CONFUNDEM LIBERDADE COM LIBERTINAGEM PARA JUSTIFICAR, MAS, COMO VOCE MESMO COLOCOU ACIMA, TODOS SABEMOS COMO DEVE SER O MOLDE DE UMA FAMILIA IDEAL

 

Denise,

 

Todavia, devido às exigências atuais, os pais cedo colocam os filhos em amas, creches ou infantarias. Chegam a casa exaustos de um dia de trabalho, têm ainda as lides domésticas ou trazem trabalho para casa. A criança é colocada sozinha a ver televisão ou a brincar sem um adulto que lhe dê atenção. A relação familiar centra-se prioritariamente nas necessidades físicas da criança, ou seja, na alimentação, na higiene, no descanso,...?

 

R - ISSO FAZ PARTE DA NECESSIDADE ATUAL DE QUE OS PAIS TRABALHEM PARA PODER PROVER O CONFORTO QUE JULGAM IDEAL- EM MUITOS CASOS VEMOS PAIS QUE SENTEM-SE CULPADOS POR SE AFASTAREM DOS FILHOS E CONTINUAM TENTANDO "COMPRAR" SUA PAZ DE CONSCIENCIA COM PRESENTES CAROS NA TENTATIVA DE ALIVIAR ESSA CONSCIENCIA - AS CRIANÇAS, SE PREGUNTADAS, PREFEREM TER MENOS MATERIA E MAIS ATENÇÃO E DIRECIONAMENTO, MESMO COM A MIDIA INCENTIVANDO O CONSUMO CADA VEZ MAIS, EM NOSSO INTERIOR, TODOS NÓS, CRIANÇAS E ADULTOS, SABEMOS COMO DEVERIA SER E COMO QUERIAMOS QUE FOSSE, MAS ACABEMOS NOS ADAPTANDO AO APELO DA MAIORIA EM DETRIMENTO DE QUALIDADE.

 

Denise,

 

Enquanto jovens, o lazer e o convívio com os colegas têm uma importância primordial no seu processo de socialização e formação. Embora havendo uma certa continuidade na transmissão de valores de pais para filhos, a verdade é que os jovens de hoje adquirem a sua identidade não só dentro, mas também fora da família, através de discursos variados que a escola e a família poderão ou não integrar. A família poderá se isentar do seu papel e delegar responsabilidades aos outros agentes educativos na formação dos seus descendentes?

 

R - NÃO, A EDUCAÇÃO VEM DA FAMILIA, A CULTURA VEM DA ESCOLA E DA SOCIEDADE.

 

Denise,

 

Hoje, em família abordam-se temas que eram impensáveis no passado. Os pais já não são os senhores absolutos da lei e da ordem, nem os únicos cuidadores dos bens da família. Por seu turno, as mães não são unicamente as protetoras do lar e zeladoras da educação e formação dos filhos. È isso mesmo que acontece?

 

R - INFELISMENTE ISSO ACONTECE - FAZ PARTE DO JA MENCIONADO "ADAPTAR" A NOVOS TEMPOS - POR UM LADO, OS FAMILIARES SEREM MAIS ABERTOS, AS CONVERSAS SEREM SEM BARREIRAS, É UM PROGRESSO ONDE O RESPEITO MUTUO FAZ PARTE MAS POR OUTRO LADO, A PERDA DA AUTORIDADE PATERNA EM MUITOS LARES, PERMITE O DESVIO DE CONDUTAS QUE PODERIAM SER REFREADAS PARA A MELHORIA DESSE SER QUE NECESSITA.

 

Denise,

 

Hoje a violência se alastrar de maneira vertiginosa principalmente nas escolas. Num qualquer dicionário de português, o termo violência é descrito como uma "qualidade ou estado do que é violento; força empregada contra o direito natural de outrem; ação que se faz com o uso da força bruta; crueldade; força; tirania; coação". Neste sentido, a violência significa obrigar a fazer algo, utilizando a força, a coagir alguém.

Desde sempre o Homem exerceu e foi alvo de violência. Recorde-se a bíblia que retrata uma série de crueldades das quais Jesus Cristo foi vitima; enforcamentos em praça pública; homens que lutavam até à morte nos coliseus para deleite da assistência; a Santa Inquisição que vitimou inúmeras pessoas, o nazismo e as excessivas guerras que povoam a história da humanidade.

rios autores têm tentado explicar as causas deste fenômeno. Freud é da opinião que o Homem tem uma predisposição inata para a violência, nasce e cresce num ambiente violento, porque também a sociedade é violenta. É isso mesmo. Estamos sem saída?

 

R - CLARO QUE NÃO, ENQUANTO HOUVER SERES QUE RECONHEÇAM QUE A VIOLENCIA NÃO É A SOLUÇÃO, QUE VIOLENCIA GERA VIOLENCIA E  E RETARDA O CRESCIMENTO, TEREMOS SAIDA.     

 

Complememtando 01:

 

A violência é na sua maior parte protagonizada pelos jovens, que se agrupam, formando sub-culturas, habitualmente no seio do tecido urbano, adquirindo formas de vestir, agir ou pensar muito características. Os hippies, os rockers, os skinheades, entre outros são exemplos bem conhecidos de grupos 

inadaptados aos padrões da sociedade. A inadaptação social é devida à educação deficitária por parte da família ou pelo meio onde o jovem vive (bairro degradado, alcoolismo, droga e tráfico, prostituição, detenção familiar, violência doméstica, furtos, etc.

 

R - ACREDITO QUE É UMA CARACTERISTICA DO ESPIRITO - FAZ PARTE DO JOVEM BUSCAR RESPOSTAS, NÃO CONTESTAR, NÃO VIOLENTAR, CONHEÇO VARIOS QUE PASSARAM POR ESSA FASE SEM TUMULTO, O QUE ACONTECE É QUE A VIOLENCIA CHAMA MAIS A ATENÇÃO E PORISSO PENSAMOS SER PREDOMINANTE. 

 

Complementando 02:

 

Os jovens são os grandes consumidores dos meios informáticos e audiovisuais, sobretudo Internetjogos por computador,televisão e músicaA televisão é um dos meios que mais violência difunde e a criança ou jovem é o sujeito passivo que mais a consome. Muitas crianças vêem televisão e jogam jogos de caráter lúdico duvidoso, sem qualquer supervisão das figuras parentais. Constroem as suas personalidades de acordo com o que observam, com uma total ausência de discernimento do que é certo ou errado.

 

R - PORISSO QUE A PRESENCA CONSTANTE, A LIBERDADE VIGIADA DOS PAIS, A ORIENTAÇÃO É IMPORTANTE.

Denise e colegas durante eleição da Diretória Executiva e Conselho Deliberativo da Casa do Caminho - Santana (Vestido vermelho)

 

Denise,

 

Um dos assuntos de maior polêmica entre família e escola é o estudo da sexualidade, “Quem deve passar estes ensinamentos à criança e ao adolescente?” Na maioria das vezes os pais ainda se sentem constrangidos em falar deste assunto com seus filhos e jogam a responsabilidade para a escola que nos dias de hoje já exerce um grande papel neste sentido. Nem sempre os pais conversam com seus filhos algo relacionado a sexualidade e até os repreendem. Os novos parâmetros introduzidos nesse particular tratados em conjunto Família e Escola abordando dois aspectos principais: informação biológica (reprodução, gestação, menstruação órgão sexuais) e as normas morais orientando o individuo para que ele se comporte de maneira correta diante da sociedade. Principalmente no caso “adolescente”. Veio mesmo para qualificar e consolidar esse entendimento?

 

R -  QUANTO MAIS MEIOS TIVERMOS PARA A ORIENTAÇÃO DESSES SERES QUE DEPENDEM DE NÓS, MELHOR SERÁ ESSA TAREFA, QUANDO PODEMOS CONFIAR NA ORIENTAÇÃO ESCOLAR, MELHOR, PRINCIPALMENTE PORQUE ALGUNS PAIS NÃO TEM A CULTURA NECESSARIA PARA ABORDAR CIENTIFICAMENTE REAÇÕES BIOLOGICAS, MAS COM RELAÇÃO A CONDUTA MORAL, RESPEITO FUNDAMENTALMENTE, É A FAMILIA O PRINCIPAL VETOR.

 

Denise,

 

Os maus tratos com a criança e o adolescente! São causados pela prática familiar para disciplinar a criança e o adolescente criando conflitos até mesmo irreparáveis. Você concorda com a “tapinha disciplinar”? 

 

R - SOU DE ORIGEM ITALIANA E FUI CRIADA DESSA FORMA, BEM COMO MEUS PRIMOS E AMIGOS DA MESMA GERAÇÃO, NÃO FEZ MAL A NENHUM DE NÓS, MUITO PELO CONTRARIO - CRIEI MEU FILHO DESSA FORMA E PERCEBI QUE VARIAS PESSOAS DE MINHA GERAÇÃO QUE ASSIM O FIZERAM TAMBÉM NÃO SE ARREPENDERAM, MAS VEJA BEM, TAPINHA DISCIPLINAR NÃO É MAL TRATO, É A FORMA DE MOSTRAR AUTORIDADE AOS QUE SÃO MAIS REBELDES E NÃO ACOMPANHAM A ORIENTAÇÃO PONDERADA.

 

Denise,

 

E a violência psicológica em relação a uma criança ou adolescente de forma constante e sistemática que vem desvalorizá-la, bloqueá-la, interferindo de forma negativa e causando-lhe sofrimento mental. É comum, mas ao mesmo tempo a mais difícil de ser detectada, principalmente por não deixar marcas visíveis e fáceis de perceber. Não se pode assegurar com precisão as conseqüências da violência psicológica, no entanto ela compromete o desenvolvimento da criança e do adolescente como um todo?

 

R - POSE-SE ASSEGURAR QUE A FASE INFANTIL CRIA MARCAS INDELEVEIS - A CRIANÇA QUE É CHAMADA DE BURRA, POR EXEMPLO, POR PESSOAS QUE ELA AMA E RESPEITA, VAI SE SENTIR DESSA FORMA MESMO NÃO SENDO ESSA A REALIDADE - DEVEMOS PRESTAR MUITA ATENÇÃO NA FORMA COMO NOS DIRIGIMOS AS CRIANÇAS, MESMO QUANDO VAMOS REPREENDE-LA,  QUANDO  CANSADOS, TRISTES E DESORIENTADOS PARA NÃO CAUSARMOS UM MAL MAIOR.

 

Denise,  

 

O que se pode concluir com este trabalho é que existem hoje em dia muitos tipos de famílias e que esta instituição atual em nada se parece com o modelo patriarcal, pois até aquelas semelhantes na formação são bem diferentes no modelo de educação, mas nem por isso se desviou os deveres que a família tem em relação à educação, provimento do sustento, condições de vida dignas e de respeito perante o indivíduo que a forma. A formação familiar é diversificada sim, mas nem de longe pode ser negligente ou empurrar essas responsabilidades para as instituições educacionais, o que pode ser feito é em parceria com a mesma, ambas tomem atitudes que façam com que o crescimento do indivíduo e sua inserção na sociedade sejam saudáveis. Na sua visão espírita o que tem a acrescentar?

 

R - ACRESCENTO AMIGO LOURENÇO, QUE SE TIVERMOS A TÃO FAMOSA RESIGNAÇÃO E NOS RENDERMOS, SEM NOS VIOLENTARMOS, AOS DESIGNIOS DA VIDA, MANTENDO NOSSO CORAÇÃO O MAIS PURO POSSIVEL E A NOSSA MENTE O MAIS TRANQUILA POSSIVEL, CONSEGUIREMOS MATER ESSA INSTITUIÇÃO FAMILIAR ADAPTADA A CADA REALIDADE, SEM PERDER A BASE ESTRUTURAL QUE TODOS NÓS TEMOS CONHECIMENTO DE DENTRO DE NOSSA ALMA, TODOS SABEMOS OQUE É O CERTO, ESSA SEMENTE JA NASCE CONOSCO, SÓ NÃO CONSEGUIMOS FAZE-LA GERMINAR EM MUITAS VEZES, ENTÃO TENTAMOS NOVAMENTE, E NOVAMENTE, E NOVAMENTE, ATÉ ACERTAR - NÃO HA UM MODELO PADRÃO, CADA FAMILIA SE AJUSTA AOS SEUS E A SOCIEDADE DA MELHOR MANEIRA QUE CONSEGUE - TENTEMOS FAZER O MELHOR SEMPRE PELOS OUTROS E POR NÓS MESMOS.

 

No Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap.XXI temos:

Ide, portanto, meus filhos bem amados, caminhai sem desculpa Sem pensamentos ocultos, na rota que tomaste. Ide, Ide sempre Sem temor, afastai cuidadosamente tudo o que vos possa entravar a marcha para o objetivo eterno. Reconheceremos a boa arvore pelos bons frutos e saberemos lutar contra nossa próprias imperfeições par que possamos exercer a boa influência sobre os que conosco partilham a existência a fim de que a boa arvore seja valorizada e a má arvore seque sobre sua raiz.

 

Denise entrevista-la foi uma dos grandes momentos da minha conduta participativa dentro daquilo que acredito como Doutrina Espírita.

 

Deixe suas considerações e sua mensagem a seus colegas que tanto a admiram e respeitam.

 

ESTOU MUITO FELIZ COM A HONRA DE TER SIDO INTREVISTADA POR VOCE, QUERIDO AMIGO - NÃO ME SINTO A ALTURA DE SUA CULTURA, MAS PASSEI OS PENSAMENTOS DE MEU CORAÇÃO NAS RESPOSTAS AS SUAS PERGUNTAS, DE FORMA BASTANTE SIMPLES E CLARA PARA PODER SER COMPREENDIDA POR TODOS - AGRADEÇO ESSA BENDITA OPORTUNIDADE - QUE A PAZ DO SENHOR DE NOSSAS VIDAS POSSA ALCANÇAR CADA CORAÇÃO.

Denise Veridiano

olhaí, Lourenço Rendesi Junior, isso é p/ ilustrar mais a entrevista

 

Faça um favor a Humanidade (...)

Entrevista Denise Veridiano DOUTRINA ESPÍRITA dentro de casa........por Louren Junior

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!