Mensagem ditada pelo Espírito Diana Frances Spencer.....por Louren Junior

13/03/2012 19:49

Mensagem ditada pelo Espírito Diana Frances Spencer..............por Louren Junior

 

12 de Março de 2012.

 

 

 

 

A meus filhos terrenos Willian  e Harry,

 

É muita felicidade que experimento aqui na espiritualidade.

Nunca poderia imaginar que por breves momentos poderia antever uma nova  condição de poder dialogar com meus entes queridos de onde me encontro.

È muita Generosidade desse Deus de Infinito Amor e infinita Bondade.

As condições próprias que possibilitam este minha comunicação está sendo a certeza do trabalho que meus filhos Willian e Harry vêm desenvolvendo ai no Planeta Terra. A índole e a honestidade de propósitos não me estão surpreendendo.

A você Willis todo meu carinho. A sua preocupação em sentir minha presença é verdadeira estou sempre do seu lado e do Harry.  Cuide da Kate sejam sinceros e caridosos.

Acompanhe sempre seu irmão Harry na sua tarefa generosa com as pessoas. Isto tudo é muito gratificante.

 

 

 

De alguma forma procurei quando encarnada fazer algum benefício em favor daqueles menos aquinhoados. Sei que foi pouco, mas foi de coração..

A aqueles com quem convive aí na Terra o meu apreço. Foram experiências que acrescentaram na minha vida circunstancial.

Quando libertos do corpo podemos avaliar quanto é importante conviver pacificamente e harmoniosamente com nossas origens.

O amadurecimento espiritual não dá saltos. Paulatinamente vamos adquirindo novas alternativas e condições de estabelecer novas condutas laborativas.

Viver saudavelmente e prestigiar dotes de honestidade é o mínimo que se pode desejar.

Erros cometemos, mas podemos corrigi-los

Nunca é demais lembrar de nossos antepassados.  

Tenho pouco contato com os Espíritos de meus pais quando encarnados Edward e Frances. Espero logo poder comungar com eles essa nossa nova condição. É sempre bom lembrá-los pela educação e carinho dedicados.

. O Universo está a nossos pés, Deus colocou a nossa disposição.

A responsabilidade é nossa. Podemos ser melhores, mais tolerantes, mais caritativos.

“Sonho ainda com a sinceridade e com o amor.”

Preservar nossa identidade com nosso Pai Eterno é reconhecer a nossa pequenez. A simples apresentação diante da grandeza espiritual, não basta.

De tempos em tempos vamos reconhecendo se nossos valores se ajustam a nossa realidade.

Com a nova visão do homem da sua natureza espiritual e do mundo material nos proporciona, surge e se consolida uma grande esperança, esperança por uma vida melhor para nós Espíritos imortais, e que no futuro não muito distante, teremos uma humanidade mais justa e mais fraterna.

Meus filhos espirituais Willis e Harry acreditem que o amor é a mais sabia das leis.

 

Um grande abraço.

Di

por Louren Junior

 

Post dictated by the Spirit by Diana Frances Spencer .............. Louren Junior

March 12, 2012.

 

The land my sons William and Harry,

 

It is great happiness that I experience here in spirituality.

I could never imagine that could briefly suggests a further condition of being able to talk with my loved ones where I am.

It's great generosity of God's infinite love and infinite goodness.

The conditions that make this my own communication is being sure of the work that my sons William and Harry have developed there on Planet Earth. The character and honesty of purpose are not surprising me.

The Willis you all my affection. His desire to feel my presence is true I'm always on your side and Harry. Take care of Kate is sincere and kind.

Always accompany his brother Harry in his task with generous people. This is very gratifying.

Somehow when I tried to incarnate some benefit in favor of the less endowed. I know it was little, but was at heart ..

To those who live here on earth my appreciation. Experiences that were added in my life circumstantial.

When freed from the body we can evaluate how important it is to live peacefully and harmoniously with our origins.

The spiritual growth does not make leaps. Gradually we acquire new alternatives and able to establish new behaviors profession.

Living healthily and honored skills of honesty is the least that can be desired.

We make mistakes, but we can fix them

It is worth remembering our ancestors.

I have little contact with the spirits of my parents when embodied Edward and Frances. I hope soon be able to commune with them that our new status. It's always good to remind them of education and devoted affection.

The universe is at our feet, God has placed at our disposal.

The responsibility is ours. We can be better, more tolerant, more charitable.

"Dream still with sincerity and with love."

Preserving our identity with our Eternal Father is to recognize our smallness. A simple presentation on the spiritual greatness is not enough.

From time to time we will be recognizing our values ​​fit our reality.

With a new vision of man's spiritual nature and the material world gives us, emerges and consolidates a great hope, hope for a better life for ourselves immortal spirits, and that in the not too distant future, mankind will have a fairer and more fraternal.

My spiritual sons Willis and Harry believe that love is the wisest laws.

A big hug.

Di

Louren for Junior

 

Diana Spencer nasceu em Sandringham e era a quarta dos cinco filhos de Edward John Spencer e Frances Ruth Burke-Roche. Em 1968, seus pais se separaram, mas ela continuou ao lado da família paterna.

Em 1975, com a morte do avô, o pai de Diana se tornou o oitavo conde Spencer. Diana e suas irmãs receberam o título de "lady" e seu irmão o de visconde. A família se mudou para Althorp, em Northamptonshire, a propriedade ancestral da família Spencer.


Desde cedo, Diana demonstrou talento para a música, a dança (principalmente o balé) e os esportes, tendo praticado tênis, natação, hockey e salto ornamental. Em 1977, durante uma festa de caça em Althorp, Diana conheceu o príncipe Charles, que então namorava sua irmã mais velha, Sarah.

Diana passou alguns meses estudando na Suíça e ao retornar à Inglaterra foi morar em um apartamento em Londres. Começou trabalhar como professora em um jardim de infância, encontrando-se com Charles esporadicamente. Em 24 de fevereiro de 1981, o noivado entre eles foi anunciado.

Em 29 de julho de 1981 Diana se casou com o príncipe Charles na Catedral de St. Paul, em Londres, em uma cerimônia transmitida pela televisão e assistida por cerca de 1 milhão de pessoas em todo o mundo. Com o casamento, Diana se tornou princesa de Gales.

O primeiro filho, príncipe William, nasceu em 21 de junho de 1982 e o segundo, príncipe Harry, em 15 de setembro de 1984. A princesa, ou Lady Di, como era chamada, tornou-se conhecida por seu trabalho de caridade e, principalmente, pelas campanhas contra minas terrestres e no combate à AIDS.

Diana sempre exerceu uma grande atração no público em geral dentro e fora do Reino Unido. Personificava, talvez, no imaginário popular, a princesa encantada dos contos de fada, mas tinha também um charme eminentemente feminino e um lado de gente comum.

O casamento, contudo, não ia bem. A princesa de Gales parecia sofrer de uma anorexia de origem nervosa. Posteriormente, falou-se em crises depressivas. Rumores de adultério tanto de Charles, quanto de Diana corriam os tablóides ingleses e repercutiam no mundo todo.

Em 1992 foi anunciada a separação do casal e o divórcio foi oficializado em 1996, um acontecimento incompatível com a dignidade tradicional da nobreza e que desagradou, em especial, a rainha Elisabeth 2ª.

Nem por isso, Diana deixou de atrair o interesse público, continuando a freqüentar as manchetes da mídia, inclusive por uma morte prematura e trágica. Morreu em um acidente de carro em Paris em 31 de agosto de 1997, junto com seu namorado, Dodi Al Fayed.

Seu funeral, em 6 de setembro de 1997 emocionou milhões de pessoas e deixou clara a admiração pela "Princesa do Povo". Diana foi sepultada em uma ilha no lago de Althorp, na propriedade da família paterna.


Fonte: The Times/Folha de S. Paulo