NATAL - Louren Junior e Maria Léa Muniz.........coordenação Espírito Matias Albuquerque.

22/12/2013 11:09

 

 

NATAL - Louren Junior e Maria Léa Muniz ......Coordenação Espírito Matias Albuquerque

 

JESUS - Aquele de todos os dias – Sinônimo de SOLIDARIEDADE

 

Na solidariedade encontramos Jesus

A lei de Deus que ilumina toda Boa Nova de Jesus é a lei do amor ao próximo. Amando cada pessoa que convive conosco ou que encontramos em nossa vida, sobretudo em suas necessidades, estaremos amando o próprio Jesus. Mas este amor deve se manifestar em ações concretas e verdadeiras de solidariedade, atendendo à ordem de Jesus: "Vai e faze tu o mesmo!"

 

 

FAMÍLIA - “A Família não se baseia mais em uma relação de poder ou de provimento econômico, mas num convívio de afeto e carinho."

 

A DOUTRINA ESPÍRITA exprime, indubitavelmente, toda a base para que se instale o progresso, a fraternidade, a alegria e a paz no campo das relações humanas.

 

NATAL promovido pelo Centro Espírita Casa do Caminho - Santana

 

A CARIDADE, quando mobilizada em prol de um significado maior, consegue movimentar as energias de cada membro de grupo ou comunidade, para que todos logrem alcançar o seu objetivo maior do amor entre os homens.

 

E DENTRO DESSA ESCOLA DE AMOR, TRABALHO E CARIDADE PRATICADA SEM OS LAIVOS DE PRETENSOS LOUROS, QUE VAMOS DE ENCONTRO A ASSISTENCIA SOCIAL E DA PRÁTICA DA SOLIDARIEDADE E BOM ENTENDIMENTO ENTRE OS HOMENS.

 

AO APROXIMAREM-SE AS FESTAS DE NOSSO SENHOR VAMOS NOS CONSCIENTIZANDO QUE AS POSSIBILIDADES DE ALGUMA FORMA DE AJUDA PARA MINIMIZAR AS NECESSIDADES DAS FAMÍLIAS SE REVELAM DE FORMA CONTUNDENTE E NOSSO EGO SE REJUBILESSE.

 

Confraternizar-se não pressupõem, somente a reunião de um punhado de pessoas, vai mais além., é a importância de estarem todos reunidos em um só ideal de servir, responsabilizados com o conhecimento do processo de evolução do ser humano, impulsionados pela  lei da causalidade espiritual.

 

É o dever, além dos predicados dos “espíritas”, também aqueles inerentes a Doutrina Espírita.

 

Exemplo de Assistencia Social promovida por Grupo Familiar. 

No NATAL um dia de muita alegria e fraternidade motivados por promover e aprimorar o Serviço Social Espírita, expomos de maneira clara a passagem evangélica intitulada “A oferta da viúva pobre”

Jesus nos demonstra que a importância da caridade material não se avalia pela quantia que se dá, mas, sim, pelo sentimento de desprendimento com que se dá – pode-se dar muito ou pouco, com muito ou pouco amor.”

 

E, nada seria mais justo o “mérito” daqueles que se dedicam a SOLIDARIEDADE, que visa minimizar de maneira responsável aos providos de menores recursos.

 

Entre essas pessoas desinteressadas, que prodigalizam

os haveres, por lhes saberem dar emprego criterioso, lembramos dos trabalhadores, das CASAS ESPÍRITAS que vão de encontro a pratica da solidadriedade.

 

Reunião de familias promovendo a Assistencia Social iniciativa do Centro Espírita Casa do Caminho - Santana

 

Representam um depósito, pois terão que responder, pelo bem que poderiam fazer e o fizeram e por todas as lagrimas que poderão estancar aos que dos haveres mais necessitarem.

 

A realidade é que a vida nos acena constantemente com as mais variadas possibilidades de atuação no campo da caridade.

 

E, assim ela estará presente no amparo material, através do pão que alimenta; da água que mata a sede; do abrigo que acolhe; do agasalho que ameniza o frio ou do recurso financeiro que suaviza a penúria.

 

E  se Deus nos concedeu, em qualquer grau de modalidade, a ferramenta da mediunidade, como recurso precioso de auxilio a encarnados e desencarnados, estaremos aptos a praticar a solidariedade através das faculdades mediúnicas de que dispusermos.

 

A Solidariedade é um dos maiores valores do homem, pois de encontro ao ser humano, manifesta um trabalho humilde e desinteressado. Resulta da evolução humana, para uma humanidade mais justa e fraterna.

Mesmo quando relacionada com o atendimento das necessidades materiais, acaba por satisfazer a prioridade espiritual.

 

A oportunidade de se solidarizarem, faz com que os “voluntários”  das Comunidades Religiosas colaborem no desenvolvimento social e familiar melhorando a qualidade de vida das pessoas.

 

Oferecendo sempre o melhor aqueles que necessitam e nos procuram, que com dedicação, muito amor e carinho, constroem uma nova alternativa solidária e cristã.

 

“Se no NATAL lembrar de JESUS é também lembrar daqueles a quem amamos e que nos amam, não poderemos estar dissociados do perdão, do carinho, da solidariedade, cuja lembrança nos transporta aos menos favorecidos”.

“É um gesto de amor, é um dever, não importa, o importante é que somos humanos e como tal não podemos prescindir desse entendimento fraterno.”

                        .............Louren Junior

 

 

 

Natal é a presença de Jesus em nossos corações Não só representa a , mas a vida. A consciência de família, amor, paz, felicidade Que o sentido do Natal esteja sempre presente em nosso dia a dia E que a esperança seja um objetivo concretizado.......Maria Léa Muniz.

 

Só nos restando, então, porfiar nos caminhos que nos levam à eliminação lenta e gradual do orgulho e do egoísmo, o que somente se fará possível através da pratica do bom entendimento entre os homens.

 

Acesse o video abaixo:

 

 

 
 

Trabalho solidário - Distribuição de lanches Centro Espírita Casa do Caminho - Santana

 

NATAL - Louren Junior e Maria Léa Muniz ......Coordenação Espírito Matias Albuquerque

 

 

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!