DESENCARNES COLETIVOS na VISÃO ESPÍRITA!...Crônica!...Louren Junior e Espírito Matias Albuquerque

20/03/2020 10:27

DESENCARNES COLETIVOS na VISÃO ESPÍRITA!...Crônica!...Louren Junior e Espirito Matias Albuquerque

 

Tudo não passa de uma constante OBSERVAÇÃO e ENTENDIMENTO da nossa rotina na ESTADA atual no Planeta em que vivemos.

 

Antes de qualquer invenções como aviões, automóveis e edifícios não ocorriam DESENCARNES envolvendo esses recursos.

Nós o INVENTAMOS, nós o usamos, nós os mantemos, nós cuidamos ou não do seu aprimoramento e das condições para o seu uso.

Manutenção de estradas precária, aeroportos dentro de cidades delimitando sua ampliação, a busca por resultados financeiros reduzindo a atenção em investimentos de segurança.

 

Essas situações são ESCOLHAS HUMANAS, feita por nós espíritos ENCARNADOS e que muitas vezes levam a situações que PROVOCAM o DESENCARNE de varias pessoas.

 

Com a população em crescente crescimento mais o aumento de AGLOMERAÇÃO de pessoas. Como Aeroportos, rodoviárias, supermercados, grandes eventos, escolas, hospitais. Quais os riscos que esses ambientes podem oferecer a vida daqueles que lá estão?

Sempre é HORA de pensarmos a respeito, da sua PREVENÇÃO. Somos espíritos ENCARNADOS e como tal fazemos parte do grupo responsável pelo PADRÃO de VIDA estabelecido na TERRA no momento.

 

Na VISÃO ESPÍRITA não há DESTINO!JUSTIÇA! Que significa efeitos coerentes com as causas que lhes deram origem

 

Percebem! Se atuarmos no sentido da PREVENÇÃO, do ajuste de COMPORTAMENTO, da manutenção da VIDA, teremos menos situações de DESENCARNE, independentemente de quantas pessoas estejam envolvidas.

 

O EQUIVOCO! Se simplesmente adotarmos as explicações RELIGIOSAS que eximem a sociedade de sua responsabilidade sobre tais fatos, JUSTIFICANDO os DESENCARNES em supostos processos ditos CÁRMICOS, estaremos postergando aprendizados importantes e repetir SOFIMENTOS evitáveis.

Mas, e onde ficaria a justiça se os algozes das atrocidades humanas não receberem sua justa punição?

 

Como avaliar as mensagens de espíritos que confirmam os resgates coletivos? Consta que uma vez EMMANUEL disse o seguinte ao médium CHICO XAVIER “Se algum dia, eu disser algo diferente do que disse Jesus e Kardec, fique com Eles e abandone-me.”

 

E assim como Emmanuel ocorre que deixar de refletir sobre o conhecimento a fim de atualizá-lo é tornar a evolução mais lenta. Devemos lembrar que a Doutrina Espírita é o estudo, o entendimento e a prática dos princípios fundamentais da Doutrina. Portanto deve estar em constante movimento evolutivo através da sua própria revisão.

 

No capítulo VI do Livro dos Espíritos, Allan Kardec nos apresenta artigos sobre a Lei da Destruição, os quais se destacam as perguntas de número 737 e 738. Na primeira, o notável pedagogo questiona sobre a finalidade de tais flagelos. E com natural objetividade, os espíritos respondem que o objetivo é fazer a humanidade “progredir mais depressa”. Na segunda, Kardec pergunta se Deus não poderia empregar “outros meios que não os flagelos”. E novamente a resposta surpreende: “Pode e os emprega todos os dias…o homem, porém, não se aproveita desses meios…”

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!