Ói! Nóis na fita. - CRONICA - .....por Louren Junior.....coordenação Espírio Matias Albuquerque.

23/01/2013 14:27

NÃO TEMHO MAIS VERGONHA DE PEDIR! – Crônica...por Louren Jnuior....coordenação Espírito Matias Albuquerque

 

ADAPTAÇÃO DA PITORESCA ORAÇÃO DO MATUTO  “OI NOIS NA FITA” de FATIMA IRENE PINTO

 

SENHOR DIANTE DA INCREDULIDADE, não temos como nos envergonhar de pedir

 

Trecho da ORAÇÃO MATUTO adaptado: (Adaptação em azul-escuro)

 

Ói Deus, eu prometo

Vo rezá de ôtro jeito

Vo pará com a pedição

E trocá milagre por tostão

Tarvez eu inté peça uma  graça

Mas antes vo vê direitinho, como anda nosso querido Brasi, ta tudinho trapalhado.

O que é que andamos fazendo  de bão.

E se nada de bão nois  encontrá

Muito vo me envergonhá

E ainda vo pedi perdão, o meu BRASI que quero ve e aquele que vóis também quer ve, honesto, solidário e cristão.

 

Leiam a ORAÇÃO COMPLETA:

Logo abaixo: Role

 

 

***********************************************************************************

OI! Nois na fita. - CRONICA - ....por Louren Junior.....coordenação Espírito Matias Albuquerque.

 

ÓI! Nóis na fita.

Abs.

Louren Junior

 

Oração do Matuto

Fátima Irene Pinto

 

Ói Deus,

Nóis tá sempre pedindo as  coisas pro Sinhô.

Nóis pede dinhero,

Nóis pede trabaio

Nóis pede pra chovê

E se chove demais

Nóis pede pra pará

Mode a coiêta num afetá.

 

Nóis pede amô,

Nóis pede pra casá

Pede casa pra morá

Nóis pede saúde

Nóis pede proteção

Nóis pede paiz,

Nóis pede pra dislindá os  nó

Quando as coisa cumprica

Mode a vida corrê mió.

 

Quano a coisa aperta nóis  reza

Pedindo tudo que farta

É uma pedição sem fim

E quano as coisa dá certo,

Nóis vai na igreja mais  perto

E no pé de argum santo

Que seja de devoção

Nóis deixa sempre uns merréis

E lá no cofre da frente

Nóis coloca mais uns tostão.

 

Mais hoje Meu Sinhô

Bateu uma coisa isquisita

E eu me puis a matutá

Nóis pede, pede e pede

Mais nóis nunca pregunta

Comé que o Sinhô tá

Se tá triste ou tá contente

Se percisa darguma coisa

Que a gente possa ajudá

E por esse esquecimentp

sinhô tem que nos adiscurpá.

 

Ói Deus, nóis sempre pensa

Que o Sinhô num percisa  de nada

Mas tarvez num seja assim

Tarvez o Sinhô percisa de  mim

Sim, o Sinhô percisa, sim

Percisa da minha bondade

Percisa da minha alegria

Percisa da minha caridade

No trato c’os meus irmão.

 

Nóis semo seu espêio

Nóis semo a Sua Criação

Nóis num pode fazê feio

Nem ficá fazendo rodeio

Nem desapontá o Sinhô

Nem amargá o seu sonho

Que foi um sonho de amô

Quando essa terra todinha criô.

 

Ói Deus, eu prometo

Vo rezá de ôtro jeito

Vo pará com a pedição

E trocá milagre por tostão

Tarvez eu inté peça uma  graça

Mas antes vo vê direitinho

O que é que andei fazendo  de bão.

E se nada de bão eu  encontrá

Muito vo me envergonhá

E ainda vo pedi perdão.

Texto:Fátima Irene Pinto

Formatação:M.Inês Aroeira Braga

Imagens:Internet e Miniatura de 

Eduardo Cangiani

Música: Luar do Sertão

Divulgação: www.lourenjunior.webnode.com.br

**************************************************************************************************

Pretos velhos são entidades de, espíritos que se apresentam em corpo fluídico de velhos africanos que viveram nas senzalas, majoritariamente como escravos que morreram no tronco ou de velhice, e que adoram contar as histórias do tempo do cativeiro. São divindades purificadas de antigos escravos africanos. Sábios, ternos e pacientes, dão o amor, a fé e a esperança aos "seus filhos".

O preto velho,, está associado aos ancestrais africanos, assim como o caboclo está associado aos índios e o baiano aos imigrantes nordestinos.

São entidades que tiveram, pela sua idade avançada, o poder e o segredo de viver longamente através da sua sabedoria, apesar da rudeza do cativeiro demonstram fé para suportar as amarguras da vida, consequentemente são espíritos guias de elevada sabedoria

 

PAI DE SANTO? No Espiritismo não existe

Será de bom parecer que a Imprensa escrita, falada e televisada, antes de publicar noticias religiosas, tenham a humildade de consultar as verdades que cada uma das entidades representativas de cada religião difundirem.

Ocorre circunstancialmente (devem procurar a verdade). Para não macularem um dos princípios básicos do jornalismo que é informar com clareza, com objetividade, sem pré-conceção de quem fala ou escreve.

O cerceamento de qualquer direito sagrado e inalienável está expresso quando estabelecida a democracia. Mas não dá o direito de atingir, discriminar, pejorativamente de qualquer forma ou maneira, pessoa física ou jurídica. É uma responsabilidade muito grande e nefasta.


Para tanto, os profissionais para sua própria preservação profissional e para não correrem o risco de desserviço à população devam acumular uma gama de conhecimentos gerais que envolvem a humanidade, sociedade, família e as variadas atividades humanas.
Em se tratando de religião, principalmente no momento em que vivemos esses aspectos não podem pairar no nocivo e confuso “achismo”. Confundir as pessoas e trazer para o obscuro o que com tanta clareza a Doutrina Espírita explicita.

É comum ainda nos dias de hoje darmos conta de Reportagens irresponsáveis se utilizando do cognome de “pai de santo” para denegrir como: se utilizando de crianças para práticas espíritas. Lamentamos. Uma triste realidade de falta de conhecimento das religiões.

No Espiritismo não existe “pai de santo”.

A Doutrina Espírita no seu tríplice aspecto cientifico, filosófico e religioso (conseqüentemente) Codificada por Allan Kardec (diga-se de antemão Allan Kardec não fundou foi orientado pelos próprios Espíritos lá do seu habitat o Mundo dos Espíritos.) não possuem rituais, simbolismos, crenças exteriores, promessas, milagres, cultos aos mortos, “pai ou mãe de santo”, sacerdote, diácono, pastor, bispo e outras denominações hierárquicas. Nem usam vela, condecorações, paramentos ou vestimentas sacramentais
 

Como Centro Espírita, Casa Espírita, Sociedades Espíritas se entende casas religiosas, filantrópicas, sem fins lucrativos. Não exigem dizimo ou oferta.

São Entidades regidas por um Estatuto que ditam certas normas todas discutidas e debatidas em Assembléia Geral como nas Assembléias Extraordinárias que norteiam a Diretória Executiva e o Conselho Fiscal eleitos pelos associados.


Os trabalhadores – bem como seus médiuns (colaboradores) – são pessoas comuns que escudados no estudo das obras básicas codificadas por Allan Kardec: O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Evangelho segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno e a Gênese, além de outras complementares de autores espíritas, sérios e consagrados, e também as subsidiárias de autores diversos.

 

Alguns na área cientifica, outros na área filosófica e outros ainda na área religiosa, tais como Sócrates, Platão, Buda, Dalai Lama,Lavoisier, Paulo de Tarso, Cura D’ars,, Swendenborg, Andrew Jackson Davis, Daniel Dunglas Home, Elizabeth d'Esperance, William Stainton Moses, William Eglinton,  Charles Foster, Henry Slade, Willian Crookes, Arthur Conan Doyle, Leon Denis, Gabriel Delanne, Camile Flammarion, Ernesto Bozzano, Raymond Auguste Quinsac Monvoisin, Vistorien Sardou, Bezerra de Menezes, Chico Xavier,  Tereza de Calcutá,  Mahatma Gandhi, Berzerra de Menezes, Herculano PiresDeolindo Amorim, Francisco Candido Xavier, e outros. Dentre estes destacamos aquele que uniu as três áreas e ficou conhecido mundialmente como ALLAN KARDEC.

e que se dedicam a tarefa de harmonizar com o Próximo, aquele nosso irmão tão exaltado em todos os Livros Sagrados e das Revelações.

A
“humildade” quando tratamos de assuntos inerentes a uma gama enorme aceita religiosamente, politicamente ou juridicamente de um povo de uma sociedade enfim, deva-se preservar o “bom senso” naquilo que queira se transmitir.

Louren Junior

Um exemplo de Organização de Casa espírita. Acessem o Link abaixo:

 http://lourenjunior.webnode.com.br/news/a%20import%C3%A2ncia%20da%20coletividade!%20elei%C3%A7%C3%A3o%20diretoria%20executiva%20e%20conselho%20deliberativo%20-%20casa%20do%20caminho%20-%20santana%20-%202009/

 
Acesse o Link abaixo Mensagem original:

http://lourenjunior.webnode.com.br/news/oi-nois-na-fita-/

http://cms.lourenjunior.webnode.com.br/news/oi-nois-na-fita-/cms.lourenjunior.webnode.com.br/news/oi-nois-na-fita-/