DEUS! Amá-lo não há como descartá-lo. – Mensagem ditada pelo Espírito Matias Albuquerque.....colaboração Louren Junior

25/07/2013 11:43

DEUS! Amá-lo não há como descartá-lo. – Mensagem ditada pelo Espírito Matias Albuquerque.....colaboração Louren Junior

 

Deus.    Maravilhosa e infinita inteligência suprema causa primária de todas as coisas.

 

Provas da EXISTÊNCIA de Deus - Argumentos filosóficos a favor da existência de Deus

Profissão de fé espírita raciocinada
§ I. DEUS

15 - Primeira Parte - pág. 27] - Allan Kardec

 

  • 1. Há um Deus, inteligência suprema, causa primeira de todas as coisas.

    A prova da existência de Deus está no axioma: Não há efeito sem causa.

    Vemos incessantemente uma multidão inumerável de efeitos, cuja causa não está na Humanidade, uma vez que a Humanidade está impossibilitada de reproduzi-los, e mesmo de explicá-los: a causa está, pois, acima da Humanidade. É a essa causa que se chama Deus, Jeová, Alá, Brama, Fo-hé, Grande Espírito, etc., segundo as línguas, os tempos e os lugares.

    Esses efeitos, de nenhum modo, não se produzem ao acaso, fortuitamente e sem ordem; desde a organização do menor inseto, e do menor grão, até à lei que rege os mundos circulando no espaço, tudo atesta um pensamento, uma combinação, uma previdência, uma solicitude que ultrapassam todas as concepções humanas. Essa causa é, pois, soberanamente inteligente.
  • 2. Deus é eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom.
    • Deus é eterno, se tivesse tido um começo, alguma coisa teria existido antes dele; teria saído do nada, ou bem teria sido criado, ele mesmo, por um ser anterior. Assim é que, de passo a passo, remontamos ao infinito na eternidade.
    • Deus é imutável; se estivesse sujeito a mudanças, as leis que regem o Universo não teriam nenhuma estabilidade.
    • É imaterial, quer dizer que a sua natureza difere de tudo o que chamamos matéria, de outro modo estaria sujeito às flutuações e às transformações da matéria, e não seria imutável.
    • É único, se houvesse vários deuses, teria várias vontades; e desde então não teria uma unidade de vistas, nem unidade de poder na ordenação do Universo.
    • É onipotente, porque é único. Se não tivesse o soberano poder, haveria alguma coisa mais poderosa do que ele; não teria feito todas as coisas, e as que não tivesse feito, seriam a obra de um outro Deus.
    • É soberanamente justo e bom. A sabedoria providencial das leis_divinas se revela nas menores coisas, como nas maiores, e essa sabedoria não permite duvidar nem da sua justiça, nem da sua bondade.
  • 3. Deus é infinito em todas as suas perfeições.

    Supondo-se imperfeito um só dos atributos de Deus, se se diminui a menor parcela da eternidade, da imutabilidade, da imaterialidade, da unidade, da onipotência da justiça e da bondade de Deus, pode-se supor um outro ser possuindo o que lhe faltaria, e esse ser, mais perfeito do que ele, seria Deus.

Deus é o Pai magnânimo e justo. 

Um pai não distribui padecimento. 

Dá corrigendas e toda corrigenda aperfeiçoa.

Emmanuel - (Caminho, Verdade e Vida) -

PROVIDÊNCIA.....Espirito Matias Albuquerque....colaboração Louren Junor

Deus na sua Infinita Misericórdia faculta as oportunidades, maior é o quinhão daquele que souber aproveitar, sorvendo a quietude regeneradora e consciente do pastor, pronto e voltado para suas ovelhas.

Nada passa despercebida, a providencial vinda do mestre Jesus com seus ensinos e exemplos, foi uma dessas providências.

O Evangelho trazendo-nos sublimes lições., humildes e talentosas, preenchem o vazio de nossa existência.

O determinismo que aponta, clareia e conduz-nos a perfeição.

O substancioso diálogo, franco, corajoso, dita nossas reconsiderações.

As suaves e reconfortantes réplicas predispõem-nos a autocrítica.

A nossa sensata filiação coloca-nos a testa de deveres.

O desembaraço da moralidade convida-nos ao estudo.

O acatamento e a prudência harmonizam e alerta.

A participação frutifica a caridade, e a consciência do amor ao próximo.

O Evangelho convence-nos pêlos fatos e exemplos, restando somente a autoridade de nosso aproveitamento.

O seu entendimento, por quantos possam entender esculpidos a sua vontade ou resumido de suas indagações, tem nas respostas a correção para nossa edificação.

Presente nas mínimas vibrações dos seres... , recebe, admoesta, infunde prudência.

Acarreta, sobrecarrega e exige esforço.

Fugaz, lúcido, reprime-nos.

Perpétuo, granítico, consola.

Clama majestoso....,

Contexto proclama:

Da dedicação de atos, que por rudes lições nos levam ao aprimoramento moral.

Da escala para esse entendimento, nos seleciona. Conquistá-lo não pressupõe poder, mas devoção.

Responsabiliza deveres.

Equilibra as paixões.

Agasalha bondade.

Acalenta afeto.

Medita e prescreve.

Convida, estimula.

Rompe barreiras, testa nossa perseverança.

Atrai novos horizontes, encarrega e estabelece regras regeneradoras.

Aponta e resolve problemas.

Enfim...., comunga as aspirações honestas do espírito e reveste o procedimento espesso de indulgências e limitaçõe

 

Provas da EXISTÊNCIA de de Deus

 

Parte 01: https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=_ekwuMVp-q4
Parte 02: https://www.youtube.com/watch?v=vFbCO7ppoZc

 

http://lourenjunior.webnode.com.br/news/deus!-ama-lo-n%C3%A3o-ha-como-descarta-lo-%E2%80%93-mensagem-ditada-pelo-espirito-matias-albuquerque-colabora%C3%A7%C3%A3o-louren-junior/

 

DEUS! Amá-lo não há como descartá-lo. – Mensagem ditada pelo Espírito Matias Albuquerque.....colaboração Louren Junior