Realidade - Mensagem do Espírito Matias Albuquerque.......colaboração Louren Junior.

 


 

A primeira impressão a Doutrina Espírita parece uma mistura de ciência e religião, e não deixa de unir as duas, mas, como afirma o ilustre pesquisador, é antes uma filosofia baseada em fatos e com conseqüências de ordem moral.

 

Estuda a imortalidade da alma, a natureza dos espíritos, suas relações com os homens, à vida futura e também a vida presente, sob a observância dessa ordem.

 

Enganam-se aqueles que julgam que as lições contidas, notadamente no Evangelho são somente de cunho religioso e obedecem a uma ordem transcendental. São lições para o cotidiano da humanidade, perfeitamente aplicável, dentro e fora do seio da religião, ensinamentos de grande profundidade que devem ser observados para uma melhor colocação da vida em sociedade.

 

Daí depreende-se objetivos visivelmente duradouros, no aprendizado carnal.

 

De encontro às opiniões, ao confronto e o estabelecimento de pontos de vista antagônicos, o espírito encarnado por vezes reluta em prosseguir atendendo as reivindicações do íntimo...Até que conclua, que será melhor para si inteirar-se dessas acomodações que a vida lhe impõe.

 

A lei do trabalho e do progresso, trabalho como ensina a espiritualidade, toda nossa útil ocupação. Auxiliando nas obras sociais, no estudo da pesquisa, os cuidados com o corpo físico, a conversa fraterna e edificante, enfim, quando empregamos bem o nosso tempo, estamos trabalhando, melhorando e conseqüentemente evoluindo.

 

As sutilezas são para os que se julgam susceptíveis as paixões.

 

Almejamos muitas vezes por grandes e importantes tarefas, em posição de destaque. Todavia, são realmente valiosas as oportunidades de serviço junto aos mais simples e necessitados.

 

AndréLuiz nos ensina que possuímos inúmeros recursos para promovermos e melhorarmos nossa área de ação, “sem recorrer a desrespeito, perturbação, azedume ou rebeldia”, e que nunca devemos desestimar a importância dos outros, mas sim pensar nos outros, “não em termos de angelitude ou perversidade, mas na condição de seres humanos, com necessidades e sonhos, problemas e lutas semelhantes aos seus.”.

 

Tanto para o aprendizado carnal, como para o futuro desmembramento no plano espiritual, o espírito deve levar em conta o propósito de servir.

 

Anotando-o no índice de suas atividades.

 

Lembremos o ensinamento evangélico no sentido de que aquele que quiser ser o maior, deverá ser o que mais serve, já que “os grandes no mundo dos Espíritos são os que foram pequenos na Terra, e que freqüentemente são bem pequenos os que foram grandes e poderosos.”

 

Nossas falhas são nossas!

 

A eficácia daquilo que transmitirmos, se prendem unicamente a nossos atos e ações.

 

Nossa disponibilidade ao próximo, poderá ser observada, em todos os lugares que atuamos, tanto no lar, no trabalho ou na escola.

 

Apenas a execução das tarefas normais do dia a dia, já toma uma parte significativa da nossa existência.

 

Convivendo nos ajustamos.

 

Ouvindo na medida e ........concluindo com respeito.

 

É bom lembrar, que ao homem será dado tudo aquilo que semear, até mesmo o campo exaurido.

 

Nada será dado alem daquilo produzido.

 

Os espíritos sofrem moralmente pelos erros cometidos , quando da sua existência terrena.

 

Todos devem trabalhar, estudar, aprenderem.

 

O pensamento “rasga o infinito

 

A vida continua mesmo no mundo espiritual e não devemos continuar humanos como fomos aqui na terra.

 

Espíritas! Com certeza a muito para se fazer até que possamos nos orgulhar, da Doutrina que adotamos. E, há ainda muito mais que fazer para que possamos nos orgulhar de nós mesmos

 

 

 


Realidade - Mensagem ditada pelo Espírito Matias Albuquerque.......ccolaboração Louren Junior

http://cms.lourenjunior.webnode.com.br/livro-espirita/sumario/realidade/