Comprometimento - Cronica....por Louren Junior....coordenação Espirito Matias Albuquerque.

Quando Allan Kardec aos 50 anos de idade (1854), os problemas humanos não eram tão diferentes dos de hoje, mas a ciência ensaiava seus primeiros passos.

O mundo civilizado se restringia à Europa, e a França era o país mais desenvolvido.

A religião vinha perdendo terreno para as idéias filosóficas decorrentes do iluminismo e a ciência, avançava fazendo novas descobertas ameaçava mesmo o domínio sobre o conhecimento, que até então estava de posse das grandes religiões.

Uma corrente filosófica chamada Positivismo, liderada por Augusto Comte, proclamava a independência da religião da razão. Repudiava, os dogmas, a existência de Deus e a imortalidade d’alma.

Mas a partir dos fenômenos de Hydesville (1848) nos Estados Unidos, fenômenos produzidos por intermédio das Irmãs Fox, e outros fenômenos ocorrendo em varias partes do mundo.

Quando da aquiescência de Allan Kardec em participar de uma reunião mediúnica (sessão de mesa). Como professor de Biologia, Física, Química, Astronomia, verificou como já fora dito, que o que ali ocorria não era simplesmente um truque, mas que podiam ser explicados através do magnetismo e da eletricidade, na época as mais avançadas.

Daí uma nova ordem de conhecimento começou tomar vulto, as religiões nunca tinham tomado conhecimento disso, relegando a simples crença e as superstições. A ciência por sua vez, negava tudo, não tinha o mínimo interesse em investigar.

Era um novo campo de conhecimento que se apresentava.

Os Espíritos comunicantes tinham uma visão ampla da vida, tinham conhecimento das questões mais recentes em todos os ramos da ciência e da filosofia.

Abriu-se assim, o caminho da investigação espírita, Ai começando pela ciência experimental.

Depois do desencarne de Allan Kardec (1869), abriu-se então a era cientifica da Doutrina Espírita.

 Vamos destacar aqui o “comprometimento” desses eminentes estudiosos.

 Na Grã Bretanha, Sir Oliver Lodge, membro da Academia Real de Londres e emérito professor de Física, presidente da Associação Britânica dos Cientistas, que a partir do desencarne do próprio filho, disse: “Conversei com meus falecidos amigos pela mesma forma que poderia conversar com uma pessoa qualquer deste auditório.”

O Dr. W. Crawford, professor de Mecânica Aplicada da Universidade de Belfast, provou que uma determinada modalidade de fenômenos físicos praticados pelos Espíritos seriam produzidos por uma espécie de “alavanca psíquica”.

Sir Willian Crookes, destacado químico, descobridor do Tálio, dos “raios catódicos” como conseqüência a descoberta do “raio-x” e ainda a “televisão” como nos dias atuais.

Pesquisou durante 03(três) anos o Espírito materializado de Katie King, através da médium Florence Cook, ao ponto de examinar, dados significativos, como temperatura, etc. Como consta da Obra “Fatos Espíritas.”

 


 
Camille Flammarion

FLAMMARION: UM ASTRÔNOMO DIANTE DO MUNDO DOS ESPÍRITOS


 

Camille Flamarion, notável astrônomo, autor de inúmeras obras espíritas. “A alma é independente do organismo material e continua a viver depois da morte.”

O eminente fisiologista Charles Richet, primeiro prêmio Nobel, foi o primeiro que estudando os fenômenos da materialização, denominou de “ectoplasma” a substância esbranquiçada que sai do médium para dar forma aos Espíritos materializados.

A Itália ofereceu muitos pesquisadores entre eles Cesare Lombroso, médico estudioso da Criminologia, Foi convidado para desmascarar a médium Eusápia Paladino, que diziam produzir fenômenos físicos extraordinários, como levitação, transporte, etc. Ao examinar a médium, qual foi sua grande surpresa, durante a sessão “viu sua própria mãe desencarnada” materializada e pôde conversar com ela

Muitos foram os pesquisadores da ciência espírita impossível enumera-los todos. Vamos citar alguns: Gabriel Delanne, Paul Gibier, Gustave Geley, Albert de Rochas, (França) Barão Karl de Du Prel, Friedrich Zôllner, (Alemanha), Ernesto Bozzano, Enrico Morselli, (Itália), Willian James, Epes Sargente, Thomas Edison, Benjamin Flanklin (Estados Unidos), Arthur Conan Doyle, criador do personagem Sherlock Holmes.

No Brasil por questões culturais os estudos são mais recentes. Mas, no entanto na década de 20, uma médium Ana Prado de Belém do Pará chamou a atenção pelos fenômenos que produzia que consta do Livro “O Trabalho dos Mortos” de J. Nogueira de Faria. Entre as varias materializações a da menina Raquel, filha de Esther e Frederico Figner, na época chefe-gerente da Casa Edison do Rio de Janeiro, primeira gravadora de discos no Brasil, relato de sua mãe Esther na segunda sessão: “(...) vindo a saber que minha filha estava presente, se bem ainda invisível, dirigi-me a ela”. Imediatamente Raquel se fez sentir atrás de mim, tocou meu rosto e passou a mão sobre minha cabeça, acariciando-me.

No Brasil ainda as pesquisas recentes são muito restritas, vamos nos lembrar do Dr. Hernani Guimarães, diretor do Instituto Brasileiro de pesquisa Psicobiofísica,

Se dedicou mais profundamente no estudo “poltergeist” e “reencarnação”. Escreveu varias obras, resultados de suas pesquisas, como: “A Teoria Corpuscular do Espírito”, 1958, “Parapsicologia Experimental”, 1967, “A matéria Psi”, 1970, “Espírito, Perispírito e Alma”,1984,

 “Psi Quântico”, 1986, “Reencarnação no Brasil”, 1988.

Herculano Pires, autor de oito dezenas de livros, sobre filosofia, ensaios, história, psicologia, parapsicologia e espiritismo, vários em parceria com Chico Xavier, É considerado um dos críticos mais autênticos dentro do movimento espírita. Sua linha de raciocínio era forte e racional, condenando os desvios e mistificações. Sua maior característica era sua luta em demonstrar a consciência espírita defendendo sempre o aspecto crítico e investigativo originalmente proposto por Allan kardec.

Atualmente no Brasil o que de mais recente chega ao nosso conhecimento é os estudos que se faz na USP – Universidade de São Paulo, através do destacado Geneticista espírita Dr. Sérgio Felipe de Oliveira, que com sua equipe, tenacidade e persistência têm trazido a humanidade novos conhecimentos ao aprendizado espírita, como Estudos sobre a glândula “Pineal” fator importante para a elucidação do fenômeno mediúnico.

 

E HOJE RECONHECIDAMENTE  A " MEDICINA RECONHECE OBSESSÃO ESPIRITUAL." 
FINALMENTE, APÓS MAIS DE 150 ANOS DA PUBLICAÇÃO  DE "O LIVRO DOS ESPÍRITOS", DO "LIVRO DOS MÉDIUNS", DE "A GÊNESE", DO "O CÉU E O INFERNO" E DE "O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO", ESCRITOS POR ALLAN KARDEC POR INTERCESSÃO DA EQUIPE DO ESPÍRITO DA VERDADE, ASSIM COMO A COLETÂNEA DE OBRAS DE ANDRÉ LUIZ, PSICOGRAFADAS PELO INESQUECÍVEL E ABENÇOADO CHICO XAVIER, NAS DÉCADAS DE 40/50, ALÉM DA OBRA EXCEPCIONAL DE DR. BEZERRA DE MENEZES "A LOUCURA SOB NOVO PRISMA" E TODA A OBRA DE MANOEL PHILOMENO DE MIRANDA, ATRAVÉS DA PSICOGRAFIA DE DIVALDO P. FRANCO, A CIÊNCIA TERRENA ACADÊMICA ADMITE A OBSESSÃO ESPIRITUAL COMO DOENÇA DA ALMA.
MINHA MAIS PROFUNDA GRATIDÃO AO DR. SÉRGIO FELIPE PELO ABNEGADO TRABALHO DE MÉDICO E PROFESSOR DO CORPO E DA ALMA.  DEUS O ABENÇÕE E ILUMINE."

 
Medicina reconhece obsessão espiritual
 
Ciência Médica se aproximando e corroborando a Ciência Espiritual. Uma nova postura da medicina frente aos desafios da espiritualidade. Vejam que interessante a palestra sobre a glândula pineal do Dr. Sérgio Felipe de Oliveira, médico que coordena a cadeira de Medicina e Espiritualidade na USP:
 
A Obsessão Espiritual como doença da Alma, já é reconhecida pela Medicina
 
http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=08634
 
Em artigos anteriores, escrevi que a Obsessão espiritual, na qualidade de doença da alma, ainda não era catalogada nos compêndios da Medicina, por esta se estruturar numa visão cartesiana, puramente organicista do ser e, com isso, não levava em consideração a existência da alma, do espírito.
No entanto, quero retificar, atualizar os leitores de meus artigos essa informação, pois desde 1998, a Organização Mundial da Saúde (OMS) incluiu o bem-estar espiritual como uma das definições de saúde, ao lado do aspecto físico, mental e social.
 
Antes, a OMS definia saúde como o estado de completo bem-estar biológico, psicológico e social do ser humano e desconsiderava o bem estar espiritual, isto é, o sofrimento da alma; tinha, portanto, uma visão reducionista, organicista da natureza humana, não a vendo em sua totalidade: mente corpo e espírito.
Mas, após a data mencionada acima, ela passou a definir saúde como o estado de completo bem-estar do ser humano integral: biológico, psicológico e espiritual. Desta forma, a Obsessão espiritual oficialmente passou a ser conhecida na Medicina como possessão e
estado de transe, que é um item do CID -O Código Internacional de Doenças- que permite o diagnóstico da interferência espiritual obsessora.
 

Vale à pena, assistir as aulas ministradas pelo Dr. Sérgio, suas aulas são transmitidas via Internet.

Acesse: uniespirito (Universidade do Espírito): faleconosco@uniespirito.com.br

Também podemos lembrar de Edvaldo Kulcheski, pesquisador espírita e colaborador da Revista Cristã de Espiritismo.

Seu livro Materializações de Espíritos aborda o sentido universalista, respeitando e divulgando os ensinamentos espirituais de outras doutrinas espiritualistas.

Aborda com muita clarividência, os “centros de força” ou o “chakras” que são a mesma coisa, questão somente de nomenclatura.

Complementando:

Vamos tratar do comprometimento dos Espíritos, lá da sua origem “o mundo espiritual”.

Para tanto temos que nos socorrer do querido e sempre lembrado Chico Xavier.

Foi graças à mediunidade de Chico Xavier, que temos acesso às obras psicografadas por Emannuel, por André Luiz, por Bezerra de Menezes, e tantos outros Espíritos que trataram com muita clarividência os fenômenos que atestam à veracidade e a importância dos mesmos nas nossas vidas.

Particularmente vamos tratar das obras de André Luiz, que aborda com rara felicidade o fenômeno mediúnico e seu desdobramento e suas implicações no aspecto cientifico da Doutrina Espírita.

O autor André Luiz e um dos mais estimados e respeitados no meio espírita.

Desde a publicação psicografada da Obra “Nosso Lar”, prefaciada pelo Espírito Emannuel, bem sucedida, continua colhendo bons frutos até hoje.

 

(Nota: O filme "NOSSO LAR" do Diretor Wagner de Assis, lançado em Outubro de 2010, foi recorde de bilheteria, perto de sete 7.500.000 espectadores.)

A serie André Luiz como ficou conhecida, é uma das mais belas e detalhadas narrativas da vida no mundo espiritual. Composta por 16 (dezesseis volumes) tem sido considerada obra complementar as Obras da Codificação.

Tendo como base sempre os livros psicografados por Chico Xavier, pelo Espírito André Luiz “Missionários da Luz” e “Entre o Céu e a Terra”.

André Luiz observa, quando o médium em serviço, a “glândula Pineal” transforma-se em “núcleo radiante” e em derredor seus raios formam um “lótus de pétalas sublimes”.

Vale a pena se inteirar de suas informações.

Dessas 16 Obras, 13 são consideradas: “A vida no mundo Espiritual.”, Nosso Lar – 1944, Os Mensageiros – 1944, Missionários da Luz – 1945, Obreiros da Vida Eterna 1946, No Mundo Maior- 1948, Agenda Cristã 1948, Libertação 1949, Entre a Terra e o Céu1954, Nos Domínios da Mediunidade 1955, Ação e Reação 1957, Evolução entre Dois Mundos 1959, Mecanismos da Mediunidade 1960, Sexo e Destino1963, E a Vida Continua- 1968.

 

Podemos ainda nos socorrer de um Divaldo Pereira Franco, médium psicografo, conferencista, mais de 11.000 conferencias incluindo o Brasil e 42 paises, autor de inúmeros livros psicografados, que falam do ser, do destino e da dor.

Livros que alentam, que esclarecem, que confortam, que libertam e consolam.

Enumerar todos que trataram e tratam da Espiritualidade seria até mesmo pretensão de um simples aprendiz.

Quer quanto ao aspecto cientifico, filosófico ou religioso, os exemplos estão ao nosso redor, dentro mesmo de nossos próprios lares. Qual família que não experimenta entre seus afins o fenômeno da mediunidade. E, da sua observação o quanto nos esclarece, sobre o presente, o passado e o futuro.

 

Nos gestos, nas atitudes, no comportamento. Nas relações mais ou menos amistosas. A relação entre os dois mundos, o material e o espiritual, está escancarado as nossas vistas.

Você também poderá ser incluído na lista destes tantos outros ilustres personagens, que trataram da “imortalidade do espírito”.

Basta somente observar!

Acesse o video abaixo:

http://www.facebook.com/l/fAQF-kj3sAQHh0VHp6k3Z11JaLna0Oo9SPr8_aMIWSKV7Uw/https%3A%2F%2Fwww.youtube.com%2Fwatch%3Fv%3D9hwsfO9lgH4

Acesse o Link abaixo Mensagem original:

Leia mais:http://lourenjunior.webnode.com.br/livro-espirita/sumario/comprometimento/

Comprometimento - Cronica....por Louren Junior....coordenação Espirito Matias Albuquerque.